fbpx
Você está visualizando atualmente <strong>Bard: Conheça o Chat GPT do Google</strong>

Bard: Conheça o Chat GPT do Google

O Chat GPT do Google mal chegou e já está dando o que falar entre os amantes da tecnologia. Se antes os temas ligados à Inteligência Artificial já estavam em alta, agora o assunto deslanchou! Sabendo disso, no conteúdo de hoje iremos falar sobre essa ferramenta e como ela vai impactar o mercado de inovação tecnológica! 

Mas, antes de irmos direto ao assunto, vejamos um pouco sobre a plataforma que deu início a todo esse debate: o Chat GPT. Como já comentamos em um conteúdo anterior, o Chat GPT é uma Inteligência Artificial que funciona como um Chat Inteligente. Nele, é possível fazer perguntas e obter respostas ágeis e embasadas em artigos e livros. 

Lançado em novembro de 2022, a ferramenta se popularizou rapidamente, batendo recorde de usuários. Com sua rápida popularização, muitas pessoas aproveitaram o chat de forma estratégica. Com isso, o Google começou os preparativos para o lançamento do Chat GPT do Google, como vem sendo chamado a IA Bard. Mas, vejamos mais: 

Bard: A Inteligência Artificial que promete “combater” o Chat GPT

Inteligência Artificial e humana juntos pelo bem da tecnologia.

Bard é uma ferramenta baseada em Inteligência Artificial que visa bater de frente com o popular Chat GPT. A solução ainda está passando por desenvolvimento, mas já participou de eventos de teste. A novidade foi anunciada pelo Google na segunda-feira, dia 06 de fevereiro e desde então já gerou debates sobre o tema. 

De acordo com a empresa, a ferramenta deve ser disponibilizada nas próximas semanas aos usuários. Assim como a solução da OpenAI, o Chat GPT do Google também será baseado na tecnologia LaMDA. Basicamente, essa tecnologia opera através de modelos de linguagem para aplicações em diálogo, o que permite seu uso em formato de chat.

Ainda segundo o Google, diferentemente do Chat GPT que possui um conhecimento limitado, Bard será capaz de captar informações atualizadas. Sendo assim, podemos esperar um combate rico em tecnologia sem limite. Para além da informação, saber como utilizar com mais estratégia essas novas ferramentas pode mudar as profissões.

A Inteligência Artificial do Google vem dando o que falar!

Mão humana e mão robótica tocando os dedos.

Podemos dizer que o lançamento do Chat GPT do Google visa “combater” o Chat GPT que causou prejuízo para a empresa. Isso aconteceu por conta da alta demanda de usuários realizando pesquisas na ferramenta. Com elas, o Google notou a necessidade de pensar em uma solução que pudesse superar a OpenAi em buscas, qualidade e popularidade. 


Apesar de ainda não estar definido como a Inteligência Artificial será incorporada no buscador, a ideia é que a solução mude o jogo. Em outras palavras, pode ser questão de tempo até que as buscas, como conhecemos hoje, mudem de formato. No dia 08 de fevereiro, alguns especialistas participaram do primeiro evento onde a IA foi citada.

No entanto, o que deveria ter sido um sucesso, deu o que falar por conta de uma gafe cometida pelo Bard. De acordo com os maiores portais de notícias, a empresa teve queda de ações após a IA citar informações falsas. Basicamente, o erro aconteceu quando o Chat GPT do Google falou sobre o Telescópio Espacial James Webb.

Qual foi o erro cometido pelo Bard?

Para divulgar a plataforma, os profissionais do Google perguntaram para a plataforma “Que novas descobertas do telescópio Espacial James Webb posso contar ao meu filho de 9 anos?”. A resposta, ao contrário do que esperava o público, apresentou uma informação incorreta.

Gif mostrando teste que aconteceu com o Chat GPT do Google.

O erro cometido pelo Chat GPT do Google está na afirmação de que o telescópio James Webb havia capturado as primeiras imagens de um astro externo à Via Láctea. Na verdade, as primeiras fotos que se encaixam nessa situação foram tiradas pelo VLT. O que houve provavelmente foi uma confusão entre notícias semelhantes. 

O erro do Chat GPT do Google deu início a debates!

Com toda a confusão causada pelo erro de Bard, usuários da internet logo deram início a um debate importante. Afinal, até que ponto podemos confiar em informações trazidas até nós por Inteligências Artificiais? Uma coisa é certa, informação rápida não exclui a necessidade de comprovação, ou seja, tudo deve ser adequadamente verificado. 

Quer saber mais sobre o Chat GPT? Acesse o conteúdo que preparamos para você e fique por dentro do que anda acontecendo no mundo da tecnologia. Mas e você: Entre o Chat GPT do Google e o Chat GPT, quem você acha que ganha? Fique de olho em nosso blog e saiba mais sobre telefonia, tecnologia, cultura empresarial e muito mais!